… a relutância

Image

É sobre o que todos pensam e se assustam.

… a relutância que assombra o íntimo quando maléfica, fantasmas e fantasmas e fantasmas que carregamos aos ombros já cansados e feridos.

Quero caminhar e seguir por aí, por esse mundo que não pacificamente aguarda, espera, que reluta em explodir e nos arremessar aos céus e infernos por cansaço e repreensão, tantos lugares espalhados nessa bacia de água salgada que nos sustenta e balança com maremotos enfurecidos dentro de cada um de nós, e penso e tento olhar para os lados em fuga, não para as colinas, mas para mim mesmo, para o tudo e a natureza, o ser que se afugenta pelas matas e mares e pontes e ruas e planícies de Inverness e mesinhas e cafés parisienses e serras e cerrado de minas gerais…

  • por Luiz Eduardo

One thought on “… a relutância

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s